Abra seu coração: Como é viver com depressão

Criamos um espaço chamado Abra Seu Coração aqui no site para que os leitores possam enviar seus textos autorais, com o intuito de dividir experiências e sentimentos sobre qualquer angústia ou felicidade sobra as quais queiram falar.

Segundo a OMS, a depressão é caracterizada pela tristeza persistente e perda de interesse em atividades que normalmente são prazerosas, acompanhadas da incapacidade de realizar atividades diárias. A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo e 11,5 milhões de brasileiros. Isso significa que 5,8% da população sofre de depressão, fazendo o Brasil o país com o maior número de pessoas em depressão na América Latina.

Já falamos sobre depressão mais de uma vez aqui no 36, mas agora estamos abrindo espaço para você falar também. Recebemos um relato sobre como é viver com depressão e pensamos: se uma pessoa quer compartilhar sua experiência, talvez outras queiram também.

Por isso, estamos abrindo um espaço para você falar sobre, na nossa nova série “Abra Seu Coração”.

Mesmo que cada um tenha uma experiência diferente com a depressão,  o nosso maior objetivo aqui é mostrar que você não está sozinho. Outras pessoas se sentem assim e  também passam por dificuldades diárias ao tentar lidar com a doença. Queremos propagar o sentimento de identificação e reafirmar que está tudo bem se sentir assim.

E, o mais importante, que vai melhorar.

depressao

Como é viver com depressão.

Por Carmem Souza

Às vezes a dor toma conta, não consigo ver saída. Com frequência, a única saída que vejo é a morte. O fim de tudo, mas o começo de algo novo. Tem dias que parece que tudo vai ficar bem e vou melhorar, a dor vai passar, mas percebo que é tudo ilusão: o buraco negro está sempre aqui me observando. Por vezes ele se esconde atrás de alguns sorrisos, mas sempre está ali me olhando, na espreita. E quando ele surge por mais que eu lute com todas as forças que me restam, ele sempre vence e eu acabo me sucumbindo ao seu poder. Acho que acostumei com ele aqui dentro, já nem luto tanto pois sei que vou acabar perdendo. Até já sei quando ele vai atacar. A lágrima começa a escorrer sem motivo, as pernas não obedecem a sair da cama, os olhos não abrem, a boca não fala, e só fico ali. Sentindo o enorme vazio e a tristeza irradiando pelo meu corpo, esperando passar… se um dia passar. Mergulho na escuridão, e volto a me sentir perdida. Não consigo ver saída alguma.

Se você também tiver um relato que gostaria de compartilhar conosco, envie um e-mail para 36contato@gmail.com. Vamos conversar.

Anúncios

6 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s