Clube do Livro #Outubro: Especial Halloween | Semana Wicca

Outubro possui em seu calendário uma das datas mais divertida e, incompreensivelmente, mais desvalorizada do ano aqui no Brasil: o Halloween. Nós fazemos festas e eventualmente fazemos festas a fantasia, mas nada se compara ao que rola no hemisfério Norte. Já pensou que incrível se nosso Halloween incluísse pedir doce na casa dos outros? Como aqui no 36 a gente valoriza tudo o que envolve terror, magia e temas místicos, como parte da semana wicca, nosso clube do livro do mês de outubro celebra esse dia em grande estilo.

Ao invés de selecionar apenas um livro, fizemos uma lista com as melhores obras para sobreviver à ressaca desse dia tão maravilhoso no qual podemos fingir ser nossos maiores ídolos. Podíamos concentrar nossa atenção em apenas uma história, mas tem coisa melhor do que fazer listas? Escolhemos então cinco das nossas obras favoritas que giram em torno do clima de Halloween.

O iluminado, de Stephen King

Mais conhecido pela incrível adaptação cinematográfica, esse livro foi o primeiro suspense que eu li na vida e desde então nenhum conseguiu superar sua genialidade. O enredo gira em torno de uma família que se muda para um hotel deserto em virtude do trabalho do pai e o cenário se torna cada vez mais sinistro ao decorrer do tempo. Te desafio a ler e conseguir dormir tranquilamente.

Série “Trono de Vidro”, de Sarah J Maas

Com algumas referências à Harry Potter em sua trama, a série traz inovação por acompanhar a trajetória de uma assassina como personagem principal. Nem só de mocinhos vive uma leitora não é mesmo? Ainda inacabada e com previsão de ter sete livros, a série é intrigante e girl power, trazendo romance da maneira menos machista que pode existir na literatura.

As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender, de Leslye Walton

De modo gentil e poético, acompanhamos as histórias de amor das mulheres da família Lavender, contadas pelo ponto de vista de Ava, a mais nova do clã, que nasceu com um par de asas. O romance é caracterizado pelos críticos como “realismo mágico” e é encantador desde a primeira página.

Sorte ou azar, de Meg Cabot

Nada melhor para desopilar e se recuperar de livros intensos do que as histórias da Meg Cabot. Esse provavelmente é o livro mais leve dessa lista e, por ser literatura infanto juvenil, é o tipo que aquece o coração mesmo quando trata de temas sinistros. Fortemente indicado!

Harry Potter, de JK Rowling

Qual época poderia ser melhor para reler a série que levantou a expectativa do mundo inteiro quando se trata de magia? Rowling reinventou bruxaria de uma maneira tão genial que ainda estamos entender como um único ser humano consegue ter um cérebro tão incrível para criar uma coisa dessas. Vale também mergulhar de cabeça em “A criança amaldiçoada” e “Animais fantásticos e onde habitam” para matar a saudade de uma maneira rápida.

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s