O que fazer em Barcelona com pouco dinheiro

Recentemente eu estive de férias em Barcelona e sei que, assim como eu, muita gente quebra o porquinho pra conseguir viajar e depois passa a viagem contando moedinha. Então resolvi compartilhar algumas dicas que podem ser úteis pra alguém, assim como me deram muitas que foram ótimas pra mim e me deram um pouco mais de dignidade na Europa.

Barcelona é um destino caro. Quase todas as atrações cobram entrada, comer e beber não é barato, mas como cada cantinho da cidade é um cartão postal é quase que impossível não fazer bom proveito. Então, se você vai farofar na Europa, pega a caneta:

Comer no 100 montaditos

Essa dica serve pra qualquer lugar da Espanha (parece que tem em Portugal também, mas infelizmente descobri depois de sair de lá). O 100 montaditos é um restaurante com muitas opções de sanduichinhos (100, dã). A maioria custa 1 euro! E com 2 ou 3 você já tem uma refeição feita. Dica PLUS: às quartas-feiras é toda carta por 1 euro, inclusive as porções e os refrigerantes. Esqueça Mc Donald’s pois não é barato, não (ao contrário do que sempre me disseram), se joga no 100 montaditos que é só amor.

Comidas e bebidas do 100 montaditos
Tudo isso custou 8 euros e serviu 2 pessoas

Caminhar

Uma coisa que aprendi (talvez todo mundo saiba, mas eu só aprendi lá rs) é que o GPS do celular continua te acompanhando mesmo quando você está offline. Escolha onde quer ir, trace o caminho no GPS e siga. Caminhar é sempre o melhor meio de fazer passeios em viagens porque você acaba conhecendo outros lugares legais que nem imaginava!

Comprar 10 tickets de metrô em vez de tickets individuais

Já tinham me avisado sobre isso, mas como eu tinha poucos dias, achei que não ia precisar tantos tickets. Acho que nem usei tudo, mas de qualquer forma super vale a pena. Um ticket individual era 2,15€ (achei caríssimo!) e 10 eram 9,95€. Tem opções por dia, mas só vale a pena se você usar MUITO, num nível que é meio impossível. Eu achei o transporte na Europa mais caro do que esperava, mas esses combos valem a pena. Os trens entre cidades são carésimos. Não sei se na Espanha é mais caro, pois sempre ouvi que era muito barato viajar de trem na Europa, ou se eu que sou muito pobre (é possível pois olha esse post que tô fazendo!).

É esse!

Fazer um Free Walking Tour

Várias pessoas me indicaram o Free Walking Tour de Barcelona, aquele esquema de passeio com guia turístico de “graça” que você paga quanto quiser no final. Acredite, vai ser tão massa que você vai querer dar muito dinheiro, mas como não tem obrigação, você pode pagar o quanto seu orçamento permitir (e lá tem muito turista rico dando muito dinheiro, aí você não se sente tão mal em contar moeda). É ótimo pra passear recebendo informações históricas, em vez de só passar e pensar “que bonito esse prédio”. Os guias ainda dão várias dicas bem úteis pra vivência lá. É só achar uma galera de sombrinha ROXA na Plaça Catalunya e se juntar. No site, você vê qual vai ser o passeio do dia. O nosso foi pelo bairro Gótico e amei!

Ir a parques

Com exceção de alguns parques, a maioria tem entrada gratuita. O Parc de Montjuic é um dos principais pontos turísticos e reúne várias atrações, algumas pagas, mas ir ao parque admirá-las de fora, pelo menos, é free e um passeio lindo! O Parc de la  Ciutadella também é lindo. Fui no meio da tarde e a galera estava usando para “sestear” e pegar sol.

Parc de Montjuic
Parc de la Ciutadella

Comprar cerveja em algum mercadinho de indiano e beber em uma praça

Na primeira noite em Barcelona, nos disseram que não podia beber na rua (a moça do estabelecimento falava muito mal e só disse “police” e fez gesto de algemar, então né, melhor não). A gente já estava com latinha de cerveja e bebemos dentro do local vendo outras pessoas passarem com suas latas na rua ao lado da polícia. Depois nos explicaram que tudo bem beber uma latinha, a polícia só vai atrás de você se estiver bebaço, fazendo merda. Então você pode comprar latões gelados de Estrella Gallicia a 1€ e beber sentadinho de boas. Um local que curtimos muito, justamente por ser fora do eixo turístico, foi a Plaça del Sol, na Vila de Gràcia. Uma pracinha onde a juventude local fica sentada no chão em rodinhas conversando, etc. Imaginei muito que esse seria meu rolê se morasse lá.

Plaça del sol

Tomar uma tacinha na La Xampanyeria Can Paixano

Mais de uma pessoa me indicou esse lugar e fiquei curiosa. Chegando lá entendi a magia. É um local com pinta de boteco, com balcão e um espaço para ficar em pé. Você pode provar uma tacinha de cava por 1 euro e alguns cêntimos. O lugar é tão massa que você vai querer ficar mais, mas aí que está a pegadinha: a partir da segunda, só se você comer também.

La Xampanyeria Can Paixano

Beber uma sangria, mas fora da rota turística

Eu queria muito experimentar uma sangria por lá, mas os preços me assustavam. Porém, perto dessa champanheria, que não é muito no fervo turístico, vimos um bar muito legal, com jamón pendurado no teto e fomos dar uma olhada. O meio litro de sangria era 2,5€. Super em conta e  muito gostoso! Infelizmente não lembro o nome, mas o legal é ir em algum que você tenha gostado. Só lembre de dar uma pesquisada nos preços antes, pois podem variar MUITO.

Olha os jamón pendurados no teto!!

Pesquisar preço antes de comprar QUALQUER COISA

Sérião. A gente pesquisava desde o preço da cerveja, que varia MUITO de um bar pra outro, até os souveniers, que podem custar até o dobro. Em um mercadinho uma xícara custava 3,95 e na loja do lado o 8,95 –  A MESMÍSSIMA PEÇA. Pra souvenir, vale muito pedir desconto, geralmente rola. Pra bebida, a dica é sair um pouco das principais ruas turísticas. Se tem uma rua principal, entre na rua do lado que já despenca o preço.

Dica extra para qualquer viagem: comprar um garrafão de água no supermercado e ir enchendo sua garrafinha pra levar nos passeios

Essa dica pode parecer uma chinelagem (talvez seja, mas quem se importa), mas se você ficar comprando garrafinhas todos os dias porque 1: em locais turísticos, mercadinhos e bares é bem mais caro. 2: você vai andar muito e principalmente se for calor, vai ter muita sede. Pensa quanta coisa pode comprar com o dinheiro que gasta em ÁGUA.

Basicamente então é pesquisar o preço de tudo e fugir das armadilhas pra turistas. Aí é possível que sobre um dinheiro pra gastar em outras coisas mais massa. 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s