Coisas pra fazer quando você não quer fazer nada

Eu só tenho 23 anos, mas já consegui entender bem o quão horrível pode ser a adultice. Para piorar as coisas, recentemente fui demitida (e não consigo outro emprego), então passo muuuito tempo em casa. Voltar a essa rotina de se sentir inútil não é fácil – mas não é exclusividade de quem fica com tempo de sobra. Fatores como estes colaboram pra tornar a nossa saúde mental uma bagunça completa, quer você sofra de ansiedade, depressão ou seja saudável a maior parte do tempo.

Este é um post para você que precisa tirar de um dia de saúde mental. Sabe aquele dia que você não quer fazer nada? Caso você consiga sair da cama (se conseguir, parabéns!), separei algumas coisas que podem fazer você se sentir um pouco melhor ou que podem ajudar a te distrair no processo de procrastinação.

Disclaimer: Pode soar como chover no molhado, mas foi algo que me ajudou e talvez lhe ajude também. 

Assista a séries que te façam sentir bem

Eu assisto muito a séries. É provavelmente a coisa que eu mais faço – talvez perca pra ouvir música, porque não consigo ver séries em qualquer situação, enfim. Então, naturalmente, eu assisto séries quando não quero fazer nada ou quando quero fugir pra um lugar feliz. Qualquer série vale, mas se você não estiver se sentindo muito bem, é melhor optar por aquelas que fazem com que você se sinta bem e não piorem ainda a situação. Uma boa comédia, uma aventura ou até um drama servem. Eu, por exemplo, terminei a segunda temporada de Love, da Netflix, e deixei em dia RuPaul’s Drag Race e Silicon Valley.

Atualize suas inscrições do Youtube

Aproveitei o tempo para ficar em dia com minhas inscrições do Youtube. Bem, na verdade atualizei apenas um canal, mas já é um progresso, certo? Também aproveitei para assistir alguns vídeos que estava enrolando, como esse do PC Siqueira sobre a própria série Love e os relacionamentos perfeitos. Ah, e também conheci um canal novo!

Ouça um podcast/musiquinhas alegres

Eu ouço (ou tento ouvir) podcasts todos os dias. Um programa que eu comecei há pouco tempo, já estou em dia (yay!) e sempre me diverte é o Gugacast. O Guga Mafra já era uma das minhas pessoas favoritas da internet e agora seu irmão, o Rafael, se tornou também. O podcast é bem simples e cada episódio recebe um convidado para contar alguma história. Os ouvintes também mandam suas histórias. É sobre a vida e eu acho isso lindo (por mais que algumas histórias – principalmente dos ouvintes – pareçam levemente inventadas).

Músicas sempre são uma excelente terapia. Coloquei alegres no subtítulo, mas na verdade é qualquer música que te deixe pra cima – às vezes, é aquela música triste, emo, postrock… Como eu amo playlists (e tenho o péssimo hábito de não saber o que exatamente quero ouvir), criei uma de músicas que me deixam felizinha. Você pode fazer o mesmo e dar o play nesses momentos.

Cozinhe!

A menos que seja algo que você abomina, cozinhar, colocar a mão na massa, pode ser algo bom e relaxante. Eu tenho preguiça de cozinhar, normalmente, mas nesses momentos é bom criar algo – e ver dar certo. Ou quase. Das últimas vezes que pilotei um fogão, resolvi descobrir jeitos diferentes de misturar ervilha e provolone. Hoje, no entanto, decidi ir pros doces e fiz meu primeiro bolo vegano de chocolate. O resultado não ficou dos piores – embora eu não saiba exatamente como é o resultado de um bolo vegano de chocolate. A experiência foi válida, de qualquer forma.

Find what you love

Sem pressão. Faça algo que você gosta. Retome um projeto antigo que você deixou em stand by ou simplesmente se dedique a algo que você gosta de fazer. Pode ser um hobby, por exemplo. Eu revisitei um blog antigo e me deu vontade de voltar a escrever sobre o que sinto. Não o fiz, mas foi bom voltar àquele velho lugar. Acabei por fazer este post que você lê agora, pra um projeto que amo fazer parte e que estava procrastinando a uns dias. Acho que não foi de todo mal, né?

Descanse!

Por último, mas mais importante: Permita-se. Descanse. Dê um tempo para sua cabeça. Não se pressione. Entenda que tudo bem não estar tudo bem. Você não precisa estar feliz o tempo todo e não há problema nisso. Treat yourself. Se ame, por mais difícil que seja. Você é incrível e venceu mais um dia.

Leia mais:

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s