Joanne, o novo álbum de Lady Gaga, a desistente do Pop e inventora do Country

Provavelmente, lá por 2009, todo mundo deve ter feito a piada: nossa, quando a Lady Gaga vai aparecer só de jeans e camiseta? Pois a Era Básica da Gaga chegou, graças a Joanne, novo álbum da cantora.  Ela abandonou o visual extravagante dos discos anteriores por um chapéu rosa bem simples. O título é uma homenageà tia da cantora, que morreu aos 19 anos, vítima de lúpus, e cujas fotos ilustram o encarte. No lugar de duetos com rappers, rola uma participação da indie Florence Welch, do Florence and the Machine e faixas com influencias folk/country que talvez não toquem tanto nas boates.

giphy

O lançamento dividiu o mundo (e quando eu digo o mundo, me refiro apenas ao pessoal da internet mesmo) entre quem gostasse e quem achasse Gaga uma traidora do movimento. Em um ano conceitual no pop, em que Rihanna e Beyoncé lançaram álbuns sem grandes farofas, ela era grande a esperança das playlists de concentra para a balada. Sempre ambiciosa, Gaga sempre foi um dos grandes nomes do bate-cabelo, desde os tempos de “Just Dance”, tanto que hitou até não poder mais. Alcançou o recalque do pop, que é quando as pessoas passam a odiar quem faz muito sucesso – Taylor Swift é a atual vítima desse fenômeno. Seu último CD, Artpop, lançado em 2013, não foi o álbum do milênio, como ela prometia, sendo enterrado pelo Prism da Katy Perry. Renegada, a artista focou em outros projetos, como um cd/turnê de jazz com Tony Bennett e Escola de Atores Wolf Maya. Ela foi reconhecida, ganhou Grammy e Globo de Ouro de melhor atriz, mas o fãs ainda clamavam pelas ruas: “Volta pro pop!!”.

Mas parece que algo mudou, e ela não quer mais ser a #1 das paradas por 12 semanas consecutivas. Ano passado, em um bonito discurso para os alunos de Yale, nos Estados Unidos, ela chegou a dizer que pensou em abandonar a música (assista abaixo). Era claro que essa Gaga pós-retorno de saturno, mais madura e com diferentes experiências no CV iria ressurgir repaginada: a cantora parecia estar cansada do pop.

Lady Gaga não fez o que as pessoas esperavam – um bate-cabelo pra descer até o chão, enquanto se bebe um combo de vodka com energético. Muitos fãs se sentiram traídos. Se ela antes foi massacrada por expor uma ambição de produzir o melhor álbum pop de todos, agora ela é gongada justamente pela falta de qualquer intenção em mudar a história da música.  Parece que a cantora não quer mais nos fornecer entretenimento: adeus vestido de carne e outros looks ótimos para festas à fantasia.  Mas essa decepção é culpa dela ou nossa? O quanto não estaríamos intolerantes para aceitar o que as nossas ~~divas~~ tem a oferecer de novo ao invés de remakes dos seus primeiros discos de sucesso? Essas artistas nos devem alguma coisa?

Ainda não sabemos o que Joanne vai significar na carreira da Lady Gaga. Ela ainda é, claro, uma das maiores artistas pop do mundo e vai se apresentar no FUCKING SUPER BOWL em 2017, além de sair para uma nova turnê mundial. Está cada vez mais rica, poderosíssima. Gaga não se define mais como uma popstar que vai destronar Madonna, mas sim como uma compositora que optou por um trabalho mais pessoal e que provavelmente terá uma passagem rápida pelos charts – o 1° single, Perfect Ilusion, estreiou na 15ª posição da Billboard e atualmente figura na 95ª. Mas talvez ela tenha a sorte de Rihanna e Beyoncé: a quebra na sequência de álbuns comerciais por trabalhos mais exóticos não parece ter afetado as suas carreiras. As duas tiveram turnês lucrativas e seguiram ganhando prêmios e homenagens por aí. E talvez um dia a Gaga enfim volte pro pop, acho que ninguém guarda rancor na pista de dança.

Ouça o Joanne na íntegra:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s