especial st. patrick’s day: 6 bandas irlandesas pra conhecer

Não vou nem me atrever a entrar naquela velha questão do espírito de vira-lata do brasileiro. Hoje é St. Patrick’s Day, um dos dias mais legais do ano. Ninguém aqui no Brasil sabe muito bem porque a gente comemora – ou sabe quem foi São Patrício. O importante é que este é um belíssimo dia pra celebrar a Irlanda e sua cultura, além de uma excelente desculpa pra beber feito um irlandês – mesmo que seja quinta-feira.

Pois então, pra celebrar o Paddy’s Day, eu vim encher a vida de vocês com um pouquinho de amor irlandês. Se tem uma coisa que eles sabem fazer muito bem – fora aqueles estereótipos de quem bebe muito e come batata –, é fazer boa música. A ilha deu origem a grandes bandas, como The Dubliners, Thin Lizzy, U2, além de ter inspirado muitas outras overseas (beijo pra Flogging Molly, Dropkick Murphys e The Irish Rovers). Nessa lista, vou falar de alguns nomes que podem até não ser muito conhecidos na cena mainstream, mas que merecem e muito lugar no seu player.

The Strypes

Considerados por esta que vos fala como “os melhores lads do mundo”, o Strypes começou sua carreira em 2008. Os quatro cresceram em Cavan em lares extremamente musicais e unirem-se para fazer música juntos foi um reflexo mais do que natural. Como muitas bandas, eles começaram sua carreira fazendo covers, com o lançamento de seu primeiro EP, o Young, Gifted & Blue (2012) – mas logo mostraram que não seriam apenas mais uma-daquelas-bandas-que-faz-covers. Elogiados por ninguém menos que Elton John, não tardou para que os garotos, de dezesseis anos na época, chamassem a atenção do público e crítica e lançassem seu primeiro álbum de estúdio, Snapshot (2014).

De lá pra cá, a banda já tocou com Arctic Monkeys e Foo Fighters, participou de festivais, como o Glastonbury, fez turnês pelo mundo todo – inclusive, por aqui, no Cultura Inglesa Festival, no ano passado – e lançou seu segundo disco, Little Victories (2015). Se vocês ainda não tinham ouvido falar dos lads, nada melhor que o dia de hoje pra descobrir esse talento e virar fã (you’re welcome!).

Áine Cahill

Pop with a retro twist! Misturando pop moderno com jazz dos anos 40 e 50, Áine Cahill traz uma sonoridade que foge do óbvio acompanhada de um vozeirão espetacular. Sendo chamada até de “Adele irlandesa” – ou carinhosamente de “o último leprechaun da ilha esmeralda”, devido à altura e os looks inusitados, nada é entediante quando estamos falando desta Cavan girl. 

Em 2014, Áine lançou seu primeiro EP, intitulado Paper Crown. Em 2015, Áine se uniu à Spam Turner e vem fazendo vários shows pela Irlanda. Recentemente, eles lançaram juntos o single “The 27 Club”. Não deve demorar muito pra que role um debut album de Áine Cahill & The Spam Turner. Fica aqui a torcida.

Em clima de depressão pós-Lolla-que-eu-não-fui-e-perdi-show-da-Marinão, ouve o cover dela de “Teen Idle”.

Raglans

Quando se fala de bandas em ascensão no cenário irlandês, com certeza vai se ouvir falar do Raglans. A banda de Dublin está em atividade desde 2012 e já fez turnês com nomes como The Strypes, Haim e Libertines, além de já ter rodado bastante pela Europa em shows solo. O seu debut album, intitulado Raglans foi lançado em 2014 e foi aclamado pela crítica, alcançando o nº 5 das paradas irlandesas. Inclusive, o single “Natives” entrou para a trilha sonora do filme Gold (2014), que conta com atuações de Maisie Williams (Game of Thrones) e James Nesbitt (O Hobbit).

Uma curiosidade: o nome da banda é super irlandês. Ele foi tirado do poema “On Raglan Road”, de Patrick Kavanagh. Segundo a banda, este poema é bem estudado nas escolas e conhecido pelo povo, então a ideia é sempre lembrar de suas origens.

The Academic

O Academic pode até não ter muuuuitos anos de estrada, mas é só ouvir sua música pra ter certeza de que a sua trajetória musical está apenas começando. Com a sonoridade marcada pelo alternativo/indie rock, o quarteto de Mullingar lançou, no ano passado, o EP Loose Friends, que traz os singles “Different” e “Northern Boy”. E, pelo que dá pra perceber, não tarda muito até rolar o primeiro álbum.

Ah, eles estiveram em uma rádio irlandesa e rolou um cover de Taylor Swift que você precisa conferir!

Little Green Cars

A banda de Dublin pode até lembrar Lumineers, The Rural Alberta Advantage, ou talvez Mumford & Sons em alguns momentos, mas traz o especial tempero irlandês pra essa mistura de country, folk, pop e outros muitos elementos. O Little Green Cars é aquela banda pra todas as horas, pra bad ou pra fazer dancinhas irlandesas nesse Paddy’s day. Sem falar que não tem como não se apaixonar pelos vocais da Faye.

Na estrada desde 2008, a banda já tem dois discos: Absolute Zero (2013), que foi produzido por ninguém menos que Marcus Dravs – que já trabalhou com Arcade Fire e Björk, e o recém lançado Ephemera (2016).

The Hot Sprockets

Se o Blues, o Country e o Rock’n Roll tivessem um filho levado que gostasse de correr pelos campos verdejantes da Irlanda, esse filho – multiplicado por cinco – seria o Hot Sprockets. Conhecidos por suas performances ao vivo, os cinco amigos do sul de Dublin já fizeram turnês com Peter Hook, BP Fallon, The Zutons, Ida Maria e já marcaram presença em inúmeros festivais. Suas músicas super animadas te deixam com vontade de dançar e dão aquele gostinho de “interior”. A banda tem dois discos de estúdio, Brother Nature (2014) e Honey Skippin’ (2012).

Gostou da lista? Então, aproveita pra dar play nesse set recheado de bandas irlandesas e celebre São Patrício! Beba cerveja (verde ou não) e whiskey (numa jarra ou não), coma batatas, vista verde e seja feliz, como um bom irlandês! Sláinte!

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s