por que skins é a melhor série adolescente de todos os tempos

Skins acabou em 2012 – com uma semi-temporada extra em 2013 -, mas a série foi tão marcante que continua viva nos nossos ~corações, seja relembrando nossos personagens favoritos de cada geração, assistindo mais uma vez as melhores temporadas ou discutindo como os atores mudaram de lá para cá. Isso é tão verdade que, em julho, vai rolar no Brasil uma Skins Convention e toda vez que vai ter anúncio de uma novidade no evento, o pessoal sobe tanto a hashtag no twitter que ela acaba entrando nos trending topics mundiais. E, vejam bem, não estou falando de adolescentes que já nasceram com o aplicativo no celular, mas pessoas que, quando começaram a assistir Skins, tinham que ficar comentando com os amigos no Orkut ou no MSN.

giphy

Skins é – e sempre vai ser – melhor que qualquer outra série adolescente e nós contamos por que:

Assistir Skins fazia a gente se sentir cool

giphy (1)

O tempo todo tinha álcool ou drogas ou sexo e, mesmo estando em casa de pijama às 10 da noite de sábado, assistir Skins fazia você sentir que tava ~fazendo parte.

Os personagens – e as suas histórias – eram identificáveis

tumblr_nt9nnoOEL81ue8ssyo1_400

Meninas sendo stalkeadas por uma pessoa onipresente que mata todos em volta? Pouco provável. Anorexia? Depressão? Auto-mutilação? Relacionamentos problemáticos? Preconceito? Muito!

Mesmo focando nos adolescentes, as famílias eram importantes

giphy (4)

Boa parte dos problemas dos personagens tinham a ver com as famílias deles – a gente via e entendia por que. E convenhamos, nada muito longe da realidade.

Os casais eram totalmente disfuncionais

giphy (6)

Adolescentes + relacionamentos = treta. Tipo vc e o crush.

Os episódios eram escritos por jovens

giphy (5)

Quem melhor que as pessoas que estão vivendo uma época da vida pra falar sobre essa época?

Os atores tinham a idade dos personagens

giphy (7)

Porque não tem nada mais bizarro do que gente de 30 anos fingindo ter 17.

As temporadas eram curtas e sem enrolação

giphy (2)

Para que inventar mil reviravoltas quando, em um episódio de 50 minutos, é possível contar a história inteira de um personagem e continuar aprofundando ela nos próximos eps?

3 gerações ajudavam a não enjoar dos personagens

tumblr_m8juwbMR2M1ryrfz3o1_500

Não adianta manter personagens se não tiver nada de interessante para falar sobre eles. Em duas temporadas, tudo que precisava acontecer – e até algumas coisas que não precisavam – aconteceu. Vitória.

O final focou no presente e não no passado

giphy (8)

Os três episódios da sétima temporada, mais do que dar um sentimento de conclusão mostraram que a vida segue, nós superamos os problemas da adolescência e, por mais que surjam outras pedras no caminho, ninguém fica pra sempre na mesma situação. Vai dar tudo certo.

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s