critérios de noticiabilidade de um paparazzi

Quando no começo do ano eu fui pra Los Angeles, ao invés de participar do pub crawl do hostel com noruegueses, eu gastei o tempo fazendo adivinha-o-que? Sim, indo atrás de Celebridades. É Hollywood, a terra do cinema, em que você encontra o Alec Baldwin atravessando a rua. Rolam filmagens e gravações de programas de auditório, shows e eventos de gala. Cada mergulho é um flash nessa cidade, por isso as pessoas que mais ralam por lá são os paparazzi.

Scanned Document
vocês tão vendo algo? nem eu

Odiados por muitos dos famosos, eles são gente como a gente, tão ali pra ganhar o pão de cada dia. Claro que isso envolve invadir a privacidade das stars do momento, perseguições de carro, fazer aquela foto da pessoa caindo de bêbada ou em um bad hair day, etc.

Mas, com tantos famosos em LA, como cada um deles consegue o melhor clique? O que eu não sabia e descobri lá ficando broder de whatsapp de um paparazzi brasileiro (me senti num episódio de o mundo segundo os brasileiros da Bandeirantes) é que os paparazzi assim como os jornalistas possuem seu próprios critérios de noticiabilidade e assim conseguem pegar tudo de importante:

1) Quem está acontecendo AND por que

A celebridade não precisa ser apenas famosa se ela quiser ganhar sua própria galeria de fotos no site da People Magazine. Ela precisa estar com alguma novidade na sua vida, de preferência envolvendo sua vida pessoal. Eu vi uma dúzia de paparazzis esperando o Benedict Cumberbatch na saída do Jimmy Kimmel. Motivo: ele recém havia casado e haveria uma chuva de likes pra quem conseguisse uma foto dele com a mulher ou então com a aliança. Exemplo 2: no outro dia, meu ~~best~~ paparazzi estava no aeroporto esperando a Lady Gaga, recém noiva, pra conseguir o primeiro clique do anel.

2) Seja fiel à sua empresa

A maioria dos fotógrafos já têm seus freelas fixos pra algum site ou empresa. O meu amigo, que a essa altura já tinha adicionado face logo posso chamá-lo assim, fazia parte de uma companhia britânica, ou seja, ele devia catar as british celebs (sabe o Cumberbatch do item 1?? Inglesão!). Foque no seu público alvo: se é da revista Capricho, vá atrás do Fiuk e, se é da Boa Forma, da Juliana Paes, e tá feito.

3) Fique ligado no buzz

Esse item é um pouco de mágoa, já que me senti usado nesse processo de exploração de imagens das pobres celebridades. Eu, como jovem geração Y hiperconectado, já sabia de vários eventos e tretas e passei todas para os paparazzi na esperança que eles me levassem em alguma busca eletrizante, talvez pela Kim Kardashian saindo da academia em Calabasas. Óbvio que não me levaram e, na verdade, chegaram no lugar antes de mim, bloqueando minha visão.

Scanned Document
importante: não alimente as celebridades!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s