teste: que tipo de fotógrafo de viagem é você?

Em janeiro, fui pra Londres em uma excursão~. Essa foi a segunda vez que fui pra Londres e, na primeira, eu tinha ido com a minha mãe, que não por acaso morou por lá por uns anos na juventude. Querendo ou não, foi uma viagem bem diferente da anterior e da que eu teria feito se tivesse ido sozinha de novo.  Principalmente, porque acabei indo em todo e qualquer ponto turístico que a cidade tinha pra oferecer (mentira, mas fui em vários) e, por isso, convivendo com muiiitos turistas.

IMG_2860
miga foi no madame tussauds e comprou foto com o one direction

Quando a gente tá viajando, acaba achando que turista é tudo igual – não importa o seu tipinho. Se você for alternativo cool e gosta de visitar museus obscuros, vai achar que todo mundo também gosta. Se seu objetivo é conhecer todos os pubs da cidade e dormir durante o dia, vai achar que todo mundo também quer. Mas existem vários tipos de turistas e o melhor jeito de conhecê-los é ver as fotos que eles estão tirando.

Porque, sim, todo mundo tira foto quando está viajando – até você. E, se não tira, deveria tirar. Então, senta aqui e vem fazer esse testezinho rápido para descobrir ~que tipo de fotógrafo de viagem é você?~ e saber identificar outros turistas iguaizinhos a você quando estiver solitário e sentindo falta de casa.

1. A foto:

Qual a imagem que marca sua viagem? E que vai lotar seu Instagram?

11115985_860800727298845_2144287912_n
essa imagem é real e fui eu que tirei

a) Paisagem

Foto da sua cara dá pra tirar em qualquer lugar, vamos combinar? O que você quer lembrar mesmo é da vista do topo do Twin Peaks em São Francisco, já que levou mais de uma hora pra subir aquela lomba horrível, cheia de curvas.

b) Turista

Ah tá que você aguentou 12 horas no avião, atravessou o oceano e agora não vai tirar uma foto na frente do Big Ben. Respira fundo, perde a vergonha e certo que alguém que tá passando em volta vai falar português. E, se não falar, é só mostrar a câmera que o casalzinho chinês vai entender – linguagem universal.

c) Selfie

Você chegou até ali sozinho e tem todo o direito de aparecer na frente da Torre Eiffel. A galera do escritório precisa ficar sabendo que você venceu na vida e foi pra Europa. Também não vai parar ninguém pra pedir pra tirar foto – criaram a câmera frontal do celular pra isso mesmo!!

d) Não tira, pois não gosta de parecer turista

Ser turista, tipo turistão é meio babaca. Você que não vai parecer com aquela família carioca que fica gritando em português e rindo de todo mundo. Pra que vai servir a foto, também? Pra mostrar pra família no Facebook? O importante é que você guarde esse momento pra si na memória.

2. Instrumentos utilizados:

11125288_860805270631724_974877329_n
fiz um varalzinho com minhas polaroids porque li que é cool

a) Celular

Celular é prático e hoje todo mundo tem um. Além do mais, com essas modernidades, as câmeras estão cada vez melhores, então tem cada vez menos chance de você começar a dar zoom pra tirar foto da rua lá de cima no avião e a foto ficar toda cagada. Sem contar que você vai estar com ele no bolso mesmo e nem precisa colocar senha pra tirar foto.

b) Câmera semi profissional

Você curte muito fotografia e seus pais quiseram incentivar o seu talento e deram uma Nikon Dqualquercoisa de aniversário há uns anos. A verdade é que, com a correria do dia a dia, fica difícil tirar ela do armário, mas uma viagem é o momento perfeito de fazer uns bons cliques~. Tudo bem se você já esqueceu das funções, sua foto vai ficar incrível no automático.

c) Pau de selfie

É a melhor invenção dos tempos! VOCÊ aparece, a PAISAGEM aparece e não precisa ficar cutucando cada velhinho que passa na rua e pedindo por uma foto. Não dá pra acreditar que tem gente que é contra o pau de selfie, sinceramente… Tudo bem que fica aquele cano de vassoura junto ali, mas é só apagar no photoshop, né?

d) Camera analógica/lomo/polaroid

Bons eram os tempos em que se levavam um filme de 36 poses para uma viagem de três semanas. Mesmo que você não tenha vivido muito essa época, é meio nostálgico, não? Nada de ficar tirando foto de tudo que aparece na frente e depois apagando um monte de borrão: cada momento importa, cada instante é decisivo!!!

3. Nas redes sociais:

IMG_2502
#london #funny #pub #drunk #islington

a) Posta no Instagram com uma legenda simbólica

No Instagram, não tem a sua família comentando “lindaaaa” ou “que legal pra onde vc foi nem avisou!” (assim mesmo). No Instagram você é livre e pode colocar uma foto mais ~conceitual, com algumas hashtags pra atingir um público maior e ninguém precisa ficar sabendo pra onde você realmente foi. Pra tudo ficar ainda mais bonito, complete a postagem com aquela letra de música que tem tuuudo a ver com o momento e lá vem #chuva #de #likes.

b) Faz um álbum no Facebook e posta umas 40 fotos por dia de todos os lugares em que foi

Você tá fora da sua cidade, gastando um dinheirão, super feliz e não vai compartilhar isso com todo mundo??? Bem capaz! A tia do interior tem que saber, a inimiga tem que morrer de inveja e o ex precisa saber que você tá bem melhor que ele – claro, você tá viajando e ele preso na agência. Não, não. Vai ter foto de tudo, tudinho mesmo.

c) Compartilha em todas as redes sociais possíveis com a legenda EuZiNhA nO bIg BeN

Você é gat@ em qualquer lugar do mundo, querem só ver??? Linda acordando, no metrô lotado, bêbada  no pub: pode selfie sim. E, mesmo que o resto do que você queria mostrar não apareça muito, o ponto é que tá ali seu rosto e você tá dizendo HOJE DEI UMA VOLTA NA KINGS CROSS. Pode sim.

d) Redes sociais? Vou fazer um mood board com as melhores, isso sim

Por que, me digam por favor, você digitalizaria uma foto analógica? Se quisesse uma pra capa do Facebook, tinha tirado pelo celular mesmo… Se você resolver mexer em alguma (SE, eu disse), vão pro Flickr, lá vão saber apreciar o cuidado que você tomou com ângulos e sombras. BEM CAPAZ que vou ficar postando minhas fotos no Instagram.

IMG_1925
foto de comida é legal ainda??

 

Não vamos dar resultados~ julgando as pessoas e colocando elas em caixas para serem definidas pela forma com que elas tiram fotos em viagens. O que importa é que, independente do que você faça com as fotos que tirou, tenha muitos ~registros da sua excursão/mochilão/passeio em família e tenha aproveitado muito ❤ Aqui no Trinta e Seis, nós encorajamos que todo mundo viaje o máximo possível pra qualquer lugar que queira e seja muito feliz (e fazemos posts pagos sobre nossas viagens também, firmas interessadas, enviem e-mail).

Don't_worry_Be_happy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s