as fases de passar o verão em porto alegre

Durante o inverno, quando alguém reclama do frio, sempre tem alguém chato que ~dá uma indireta~ dizendo que VAI ANOTAR pra ver se essa pessoa vai falar do calor durante o verão também. Mas vamos combinar: nessa nossa sociedade em que todo mundo precisa falar sobre tudo em redes sociais, é quase impossível não abrir o twitter pra dar uma reclamadinha da sensação térmica de setenta e quatro graus em Porto Alegre e do chão derretendo a sola dos sapatos (sério, eu acho que isso aconteceu com a minha rasteirinha hoje – do nada, o asfalto afundou). Olha, gente, vou ser bem sincera com vocês e arriscar ser xingada: eu gosto do verão. Gosto de férias, de piscina, de ir pra praia, de pegar sol, de tomar banho de mar, de poder deitar na rede de short e camiseta lendo um livro no meio da madrugada. E fico sinceramente irritada com quem no meio de novembro já começa dizer “sdds inverno” (calma aí, né, galera), mas em 20 de janeiro creio que já chegamos no acordo que: Porto Alegre não dá. Até meus cachorros concordam, já que hoje de manhã eles se recusaram a passear por causa do calor (e, gente, eles amam passear).

Pensando nisso, aqui vão as cinco fases de passar o verão na maravilhosa ~capital dos gaúchos:

1. Nem é tão ruim assim

tumblr_miadpnO4iR1rgz9z1o1_500

Esse é aquele momento logo depois das festas de fim de ano, quando todo mundo começa a voltar do recesso. Sim, dá vontade de morrer, pois, bom, pois ter que voltar a trabalhar nunca é muito legal no começo, mas o clima ainda é aguentável. No início da manhã e à noite as temperaturas são relativamente amenas e quem não é muito desesperado consegue dormir só com o ventilador ou até a ~brisa da rua. Ainda é possível comer, andar na rua, fazer exercícios (muito relativo), tomar café; usar calça e sapato fechado já vai ficando complicado.

2. ALGUÉM TEM PISCINA EM CASA?

tumblr_mmslcjiz3Z1s3dg5fo1_400

Já não importa a chapinha, a escova marroquina, o cabelo loiro pintado que vai ficar verde. Preste muita atenção na timeline do Instagram pra ver quem tá postando foto dos pés na beira da piscina: essa pessoa vai ser sua melhor amiga no verão. Se for aquela guria que era meio que tua amiga no colégio, mas tu nunca mais falou tá tudo bem também, é só chegar com aquele clássico: “QUANTO TEMPO, SUMIDA? AINDA MORA NO MESMO LUGAR? ;)”. Torce também que tenha um local com bastante sombra dentro d’água, porque nessa fase do verão porto-alegrense já não dá pra ficar mais do que cinco minutos parado no sol.

3. Só existe vida no ar condicionado

enhanced-buzz-17902-1374754500-37

A conta de luz vai vir tão alta no fim do mês que você vai precisar entrar no negativo pra pagar, mas é a vida. Se desse pra entrar na geladeira ou fazer todas as atividades do dia de dentro de uma piscina, a situação mudava; como não é o caso, todo mundo se atira no ar condicionado. É claro que nesses dias tudo que tiver como dar errado, vai dar, tipo cair uma árvore em cima do fio de luz na sua rua e deixar o bairro inteiro sem luz por quatro horas. Tá liberado sentar embaixo do split e passar a madrugada ali assistindo tv (inclusive, nada mais justo).

4. Sentimentos contraditórios sobre o dia de chuva

tumblr_mytvqruZE81rz1st5o1_r3_400

Quando está todo mundo com os passos de dança da chuva decorados, ela chega. Primeiro, devagar, trazendo pequenas gotas de alegria líquida aos cidadãos dessa cidade infernal. Depois, um grande temporal, de preferência ao meio-dia ou às seis da tarde para todo mundo que está no horário de almoço ou de saída do trabalho poder encharcar suas roupas. Uma maravilha, ter que pegar aquele ônibus lotado, com todo mundo molhado e as janelas fechadas para não pingar nos bancos. Mas tudo bem: a chuva, essa maravilhosa, levou embora o sol e os 77 graus de sensação térmica. A noite é uma maravilha, dá até pra dormir sem ar condicionado, o problema mesmo é o quem vem depois….

5. Queimando no fogo do inferno

giphy (1)

OLHA, a única explicação para hoje às oito da manhã estar quase trinta graus é que o fogo do inferno queima embaixo dessa cidade.Como as pessoas sobrevivem no Nordeste???  A menos que você esteja na beira da praia com o mar azul à disposição e muita água de côco: tá liberado dizer sdds inverno. Tá liberado entrar na geladeira se conseguir também. Mas tem várias coisas que não estão liberadas, segue a lista: subir a protásio alves de bicicleta às 13h (foda-se o seu compromisso com o mundo), dizer “imagina na copa” (na copa não vai estar quente), faltar gelo no mcdonald’s (acontece todo verão), reclamar que a galera tá indo pro shopping (desculpa mas além do shopping ser o melhor lugar do mundo, lá o ar condicionado é tão forte que tem que levar casaquinho).

Anúncios

9 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s