36 discos* de 2013 – parte 01

* Equipe Trinta e Seis avisa: somos humildes e não podemos prometer que esses discos vão ser os melhores do ano pra todo mundo. A responsabilidade pelas opiniões é toda dos nossos colaboradores. Obrigada e boa leitura.

Pedimos pra pessoas super importantes na cena musical brasileira (amigos nossos) elegerem os melhores discos do ano. Essa é a 1ª parte:

national

por Clarissa Wolff

Adeus à pista de dança, olá a tardes na cama lendo livros, mexendo no tumblr e tomando café (chá mate, no meu caso). The National e seu incrível novo álbum, “Trouble Will Find Me”, não tem nada de live fast die young e não foi feito para bad girls: ele é pra quem tá sozinha em casa, pra quem quer se apaixonar perdidamente, pra chorar um pouco, pra sentir muito. Pode me chamar de masoquista, mas a dor presente em cada música é uma das coisas mais sublimes do mundo. Eles são tão lindos que esse ano gravaram até música para “Em Chamas”, total melhor filme do ano. E certeza: nem precisa ser leonina pra se identificar com todas as canções. Só passa rímel à prova d’água antes de ouvir, tá, linda? Porque The National definitvamente não é uma banda feliz (mas ser feliz tá fora de moda mesmo, né?).
Gif Reaction:
thenationals

lorde
por Lucas Deac

Dancinha estranha, pegada minimalista e um som bem delícia. E, assim, a Lorde conquistou. Pure Heroine é extremamente viciante, com o perdão do trocadalho. Sexy sem ser vulgar, as músicas vão acontecendo e o ~~ouvinte~~ vai viajando pelas batidas das músicas. A minha prefe: 400 Lux, com todo um lance femme fatale. Mas dizem que é a última faixa, A World Alone, que é a mais foda e dá aquela sensação de KD O PRÓXIMO?

Gif Reaction:
lorde

PRISM
por Nana Soares

O Prism tá fazendo um sucesso merecido nas paradas do mundo todo. Nesse álbum, dona Katy mostrou que cansou de piadinhas por não ter um Grammy, então já fez um álbum mega candidato pra ganhar o prêmio. O legal de Prism é que não tem uma única música chata, pra desespero dos Little Monsters. E tem desde a sofrida-cortando-os-pulsos Unconditionally, até um cosplay de Cher em “Walking on air”, além daquela música-chave pra tocar nos aniversários dos amigos: “Birthday” (ninguém aguenta mais aquela música do Ira né galera). Vale notar também o esforço que a Katy Perry está fazendo pra não fazer feio ao vivo e para os lives desastrosos de Firework ficarem no passado. Ela está arrasando nos vocais nessa fase pós Russell Brand! E se eu ainda não te convenci a ouvir Prism, saiba que tem influência da nossa cultura nacional aí. Basta ver o clipe de Roar e todo seu diálogo pós-moderno naturalista com É o Tchan na Selva. Ouve aí a Sheila Carvalho deles e depois diz se eu não tenho razão

Gif Reaction “Tô indo buscar meu Grammy, galera”:
large (1)

daft
por Roberto Azeredo

Sem sombra de dúvida, o melhor álbum do ano é o Random Access Memories, pois o Daft foi a única das minhas top 10 bandas favoritas que lançou álbum em 2013. Fora o já citado motivo principal, o álbum ainda ganha de qualquer outro pela guitarra linda da Whoopi, pela voz do Pharrell, pela letra de Touch e pelos ternos da Yves Saint Laurent

Gif Reaction:
daftpuk

mariah
por Matheus Conci

* Equipe Trinta e Seis avisa: o álbum ainda não foi lançado, mas garantimos a qualidade, somos trendsetters.

Nada mais Simon do que falar de um CD que não foi lançado em uma lista de CDs do ano. E só sendo Mariah Carey para conseguir isso porque, caro leitor, queira você aceitar ou não, quem INVENTOU E DISSEMINOU o conceito de diva foi ela. Cumprindo o calendário do efeito sanfona de lançamento de singles, a diva só lança música nova quando consegue emagrecer a ponto de exibir as curvas devidamente em seus clipes.
As pistas estão todas nos clipes lançados em 2013: primeiro, Almost Home, parte da trilha de Oz:Mágico e Poderoso, onde cenas do filme se sobrepõem a takes deliciosos da diva em preto e branco defronte a um enorme ventilador para causar efeito nos cabelos, enquanto interage com um banquinho no melhor estilo Britney em Stronger. Dois meses depois, ela lança #Beautiful que não é nenhum Heartbreaker, mas que contém cenas da musa em trajes curtos, muito rebolado e giros do pião da casa própria do Silvio. Quase SEIS meses depois me vem The Art of Letting Go e a certeza de que o máximo que teremos no final do ano é mais um vídeo de MC cantando All I Want For Chismas is You. Não sei quantos Hero eu ainda vou ter que rezar, mas aguardo mais do que Copa do Mundo o novo CD – por sinal, quantos show da Mariah daria pra trazer pro Brasil ao invés de fazer uma Copa? REFLITAM!
Gif Reaction:
mariah01

jayz
por Matheus Bertoldo

No ano das jogadas de marketing, Jay-Z – metade do casal queridinho da música – não podia ficar de fora. Lançando o CD novo dele em app pra Android (chupa Apple), ele fez com que a Sansung comprasse 1 milhão de cópias pra distribuir via aplicativo logo na primeira semana, junto com fotos exclusivas, letras das músicas e tudo mais.
O CD traz tudo que se espera de um cd do Jay-Z. Ele fala como é rico, dá todas as referências de #moda e #arte da vida milionária dele e todas essas coisas que a gente não entende, mas canta junto, como “Picasso Baby” e “Tom Ford”. Sobra até pra Miley Cyrus , que é citada em “Somewhere in America”. O mais importante: participações da Beyoncé na lindinha “Part II (On the Run)” e Justin Timberlake na centésima música que os dois fazem juntos esse ano, “Holy Grail”, além de “Jay Z Blue”, que ele fez especialmente pra filha, Blue Ivy. Um amor.
Gif Reaction:
jayz

***

Eaí concordam? Quem serão os próximos da lista?? Ficou a fim de alguém dos colaboradores e quer o contato?? Aguardem, fortes emoções estão por vir aqui no trintaeseis.com

Anúncios

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s