leave anitta alone!

— dedicado a todos aqueles que compartilharam o vídeo que acusa a anitta de copiar outras divas

eu não entendo porra nenhuma de música. nem indie, nem jazz, nem samba, muito menos pop. mas já li muitos blogs por aí e posso alegar que é difícil fazer música no brasil. notem. aqui, se você faz o que quer que seja, é bem provável que seu trabalho será rotulado e ficará restrito a uma fatia muito pequena de público, não interessando se for mpb ou funk. você não vai estar no hit parade da jovem pan, não vai tocar em festa de 15 anos e seus shows dificilmente lotarão grandes lugares. além do mais, funk é coisa do morro. todo mundo faz piada e ninguém assume que ouve.

mas, esse post era sobre a anitta, certo? seguindo o assunto, o primeiro ponto a ser esclarecido para todos aqueles que acusam a pobre poderosa de copiar deus e o mundo é que ela tem uma equipe por trás. SIM, A ANITTA NÃO SE FEZ SOZINHA, AMIGOS. aliás, ela gastou os tubos pra contratar uma equipe pra colocar ela no lugar onde ela está (e morreu de medo de não conseguir pagar todo o investimento feito nela, inclusive o silicone, a rinoplastia e os outros tratamentos estéticos).

claro que a anitta é cheia de inspirações, conscientes ou não. assim como a equipe dela e o pessoal que criou as campanhas do show da tele sena, etc, etc e etc. e, apesar de todos os méritos que ela tem, ela é um produto midiático, pensado pra vender. e bem pensado, já que tentaram colocar esse rótulo de super-estrela-pop na claudinha millk e várias outras. e nenhuma emplacou. e, se vocês, que acusam ela de imitação ignoram a claque e a grana por trás do #pre-para e de qualquer lançamento pop, das duas uma, ou é #inveja, ou é ingenuidade mesmo. além disso, o universo pop é cheio de inconscientes coletivos e retrofagias. ou vocês esqueceram que depois do lançamento de bad romance, todas as divas pop decidiram expor suas respectivas facetas exóticas?

#nãopara por aí. uma reflexão sobre o embranquecimento da identidade musical da anitta tornou-se um boato cômico que ela era adepta de tratamentos para clarear a pele, num meio termo entre o michael jackson e as maluquices que as indianas chamam de tratamento estético. isso sem contar com todos os outros babafás dignos de uma kardashian.

entendam, eu tenho diversas ressalvas com a anitta, das mais fúteis, como usar camiseta de uma banda que nem conheceaté as mais sérias, como usar de um estereótipo excessivamente sensual e se colocar num papel de objeto, passando ainda por uma questão logística, como montar uma mega-tour em cima de um sucesso só. mas, acusar a poderosa de imitação pra mim, é coisa de invejosa, perseguição ou ingenuidade.

queridos leitores, lembram que eu falei no primeiro parágrafo sobre como é difícil fazer música no brasil? pois então, mal ou bem, a anitta fez a música dela tocar na jovem pan. mc, ex-mc, clareada ou não, ela tocou numa rádio cuja programação sempre ignorou aquilo que se faz de música aqui no brasil. e ela faz funk (melody, mas funk, que pode ser motivo de piada, mas é uma expressão particular da realidade do nosso país). e isso é um mérito que não deveria ser ignorado.

eu espero que o trabalho da larissa, ou anitta, amadureça e muito ainda. e que os quinze minutos de fama dela durem ao menos até que eu consiga aprender toda a coreografia de show das poderosas. #expulsaasinvejosa

abaixo, o vídeo #polêmico que originou esse post:

ps.: o clipe de show das poderosas, independente de inspirações, ficou lindão.

ps2.: haters, vamos discutir alguma coisa mais séria que isso da próxima vez.

ps3.: a anitta é o novo paul mccartney.

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s